Palavras amigas a José Saramago

 falecido a 18 de Maio de 2010

 

 

Poema: O que o tempo tem de sobra??!

 

O que o tempo tem de sobra

é o tempo que me dobra.....

Dobra o tempo, faz-me velho

quando revejo o espelho.

 

O tempo terá sempre tempo....

Se a tempo o meu riso chegar

Pois... se deslizar desatento....

Talvez o possa encontrar.

 

Passo os dias à procura

(Meu tempo nao vai durar)

Meu corpo é espiga madura

Só o tempo o irá vergar.

 

Dobra o corpo no desalento

somente do corpo e da idade.

Já oiço o silvar do vento

da eterna claridade.

 

E se o tempo nao me acalma

meu corpo nem sempre dura.

O tempo nao tem a minha alma

Para sempre no tempo perdura.

 

Pois se deus criou o mundo

e ao sétimo dia descansou,

Paro este dialogo profundo....

para onde a alma me levou.

 

Tempo! Que tens de sobra??

- é o tempo que te dobra....

- dobra tempo; quero voar!!

 

Voa o tempo e me renova

A dor,o riso e a prova....

Agora quero descansar!!

 

Poema dedicado por mim a José Saramago escrito por Rogério Martins Simões

 

Que José Saramago descanse em paz e que sua alma permaneça na paz dos anjos para todo o sempre..... sao os votos da Sandra Sofia Afonso

 

publicado por gatinhafofa às 03:51
link do post | comentar | favorito